Encontramo-nos abertos no horário habitual, das 9:30 às 19:30 (13:00-14:30 almoço). Continuamos a fazer compras de bibliotecas, manuscritos, fotografias antigas, etc. etc. Não hesite em entrar em contacto connosco: 21 342 16 00 ou por email para antoniomtrindade@gmail.com

Luís de Albuquerque, Navegação astronómica, CNCDP, Lisboa, 1988, 151 pp.

40 € Adicionar

Luís Guilherme Mendonça de Albuquerque, mais conhecido como Luís de Albuquerque (Lisboa, 6 de Março de 1917 — Lisboa, 22 de Janeiro de 1992) foi um professor universitário de matemática e de engenharia geográfica, e um historiador dos descobrimentos portugueses.

Frequentou o Colégio Militar. Licenciou-se em ciências matemáticas em 1939, e em engenharia geográfica em 1940, pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e obteve o grau de doutor em matemática pela Universidade de Coimbra.

Carreira profissional. Iniciou a sua carreira como docente na Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, em 1941, onde também foi um especialista em história da educação; nesta mesma instituição ascendeu, por concurso público, a professor catedrático, em 9 de Julho de 1966.

Foi aclamado como um dos principais vultos da historiografia do Século XX no estudo dos Descobrimentos Portugueses, tendo escrito para jovens e crianças, e analisado a história da náutica e da marinha.[1] Exerceu, igualmente, a posição de presidente da Comissão Científica da Comissão dos Descobrimentos Portugueses. Na sequência da Revolução de 25 de Abril, foi nomeado governador civil do distrito de Coimbra, cargo que ocupou entre 1974 e 1976.

Entre 1978 e a sua jubilação, em 1987, foi director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra. Em 1983 colaborou na organização da XVII Exposição Europeia de Arte Ciência e Cultura, e, em 25 de Novembro de 1984, apresentou a comunicação Gil Eanes, e o Cabo Bojador, na Academia da Marinha.


Scroll to Top