Ir para o conteúdo
Encontramo-nos abertos a enviar encomendas e a fazer aquisições. Para mais informações utilize o formulário de contacto ou o email: [email protected]

Livros invulgares Política

Lourenço Marques, A ladra Inglaterra, Typ. do Commercio de Portugal, Lisboa, 1890

50 € Adicionar
Acresce o valor do transporte pelos CTT (de acordo com as tabelas em vigor para o correio registado ou não registado). Enviar email para informação de envio por correio.

15 pp.; 19 cm.

Panfleto sobre o Tratado de Lourenço Marques.

O Tratado de Lourenço Marques foi um acordo internacional celebrado em 30 de maio de 1879 entre o Reino de Portugal e o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda visando regular o acesso de forças britânicas ao porto de Lourenço Marques (que os britânicos designavam por Delagoa Bay) na então África Oriental Portuguesa e patrulhamento das costas daquela colónia portuguesa. Considerado pela generalidade das forças políticas portuguesas como uma inaceitável concessão, apenas foi aprovado pelas Cortes, com modificações, a 8 de março de 1881, no meio de grande contestação política, à qual se associaram instituições como a Sociedade de Geografia de Lisboa e a Associação Primeiro de Dezembro.

O autor deste panfleto é, provavelmente, José Simões Dias da Silva e a capa de Julião Machado.

Exemplar cansado e com algumas falhas.

«ilha feita de estrume,/ Posta em meio do mar como um grande dejecto» (p.5) e, espantosamente, denuncia a voracidade sexual predato?ria de John Bull «Vinde! Tendes bom vinho, um clima sem igual,/ Virgens na puberdade e sem fluxo menstrual.»p.9

Na capa representa-se a Inglaterra como uma velha bêbeda e o rei D. Carlos aparece enforcado.

Curioso e invulgar documento.


Scroll to Top