Dom Maur Cocheril, Alcobaça, Abadia Cisterciense de Portugal, INCM, Lisboa, 1989

Indisponível
Acresce o valor do transporte pelos CTT (de acordo com as tabelas em vigor para o correio registado ou não registado). Enviar email para informação de envio por correio.

D. Maur Cocheril

Dom Maur Cocheril (1914 – Vitré, França / 1982 – abadia de Notre-Dame de Port-du-Salut, França), monge cisterciense que dedicou grande parte da sua vida ao estudo da história das abadias da Ordem de Cister estabelecidas em Portugal durante o século XII.


Dom Maur Cocheril é uma figura incontornável da História de Cister, na qual era especialista. 

Doutorado também em Heráldica da Ordem de Cister e Paleografia Musical, particularmente sobre manuscritos Cistercienses de canto do século X, dos mais antigos que se conhecem.

Foi investigador do Centre National de la Recherche Scientifique (Paris), académico correspondente da Academia Portuguesa de História e bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. 

Proferiu, em diversos anos, conferências sobre a temática cisterciense em Espanha, França e Bélgica. Também em Portugal foi conferencista e por diversas ocasiões, em diversas cidades portuguesas, como Alcobaça, Guimarães e Lisboa.

O Estado Português agraciou-o com o oficialato da Ordem de Cristo, em 1960, como reconhecimento pelos estudos realizados sobre as antigas Ordens Militares de raiz cisterciense.

Traduziu do latim vários manuscritos e publicou cerca de 40 livros sempre sobre a temática cisterciense e sobre as Ordens Militares e tudo o que com estas se relaciona, sendo que o exemplar mais cabal para a História do Mosteiro de Alcobaça é o livro “Alcobaça, Abadia Cisterciense de Portugal”.


Scroll to Top