Artur Lamas, A casa-nobre de Lázaro Leitão no sitio da Junqueira, Imprensa Lucas e Ci.ª, Lisboa, 1925

50 € Adicionar
Acresce o valor do transporte pelos CTT (de acordo com as tabelas em vigor para o correio registado ou não registado). Enviar email para informação de envio por correio.

Casa nobre de Lázaro Leitão Aranha / Universidade Lusíada

Casa nobre construída, em 1734, por iniciativa de Lázaro Leitão Aranha, Principal da Sé Patriarcal, sob o risco do arq. Carlos Mardel. De planta em L, é composto por um corpo central, de um só piso, rematado por cimalha coroada com 4 vasos, ladeado por 2 outros corpos, de 2 pisos, encimados por torreões amansardados. Do lado nascente foi construída, em 1740, uma pequena capela, sob a invocação de N. S. dos Aflitos e Sto. Cristo. Ao longo do séc. XIX e início do séc. XX, esta casa nobre conheceu várias ampliações e adaptações, sendo Ernesto Korrodi, Nicola Bigaglia, Francisco Vilaça e Raul Lino, alguns dos arquitectos que protagonizaram essas intervenções. No interior destacam-se: o átrio nobre decorado com azulejos setecentistas, representando os 12 meses do ano, através de figuras femininas; a sala principal e a sala de jantar, também decoradas com silhares de azulejos; e, ainda, a capela, objecto de restauro em 1943, o qual revelou, nas paredes, belíssimos painéis de azulejos, representando a Subida e a Descida da Cruz e as figuras de José de Arimateia e de Nicodemus, e, no chão, belos desenhos. Neste edifício classificado como Imóvel de Interesse Público funciona, actualmente, a Universidade Lusíada.


Scroll to Top