António Xavier Pereira Coutinho, Flora de Portugal (plantas vasculares), Bertrand, Lisboa, 1939

120 € Adicionar
Acresce o valor do transporte pelos CTT (de acordo com as tabelas em vigor para o correio registado ou não registado). Enviar email para informação de envio por correio.

2ª edição dirigida por Ruy Alves Telles Palhinha.

933 pp. Aumentada e revista.

A mais importante obra para identificação da flora em Portugal.

António Xavier Pereira Coutinho (Lisboa, 11 de Junho de 1851 — Alcabideche, 27 de Março de 1939) foi um engenheiro agrónomo e professor universitário português que se destacou como botânico e fitossistemata.Formou-se como Engenheiro agrónomo pela Escola Politécnica de Lisboa. Leccionou primeiramente no Instituto Geral de Agricultura (o futuro Instituto Superior de Agronomia) e depois, até à sua aposentação em 1921, na Escola Politécnica, a partir de 1911 Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

António Xavier Pereira Coutinho foi um taxonomista de renome, autor de Flora de Portugal (Plantas Vasculares): Disposta em Chaves Dicotómicas (1.ª ed. Lisboa: Aillaud, 1913; 2.ª ed. Lisboa: Bertrand, 1939) e de inúmeros outros trabalhos de Botânica e Silvicultura. Entre as suas primeiras obras publicadas, destaque-se A Silvicultura no Distrito de Bragança (Lisboa: Viúva Sousa Neves, 1882) e o Curso de Silvicultura : Esboço de uma Flora Lenhosa Portuguesa (Lisboa : Academia Real das Ciências, 1887; 2.ª ed. actualizada Lisboa: Direcção-Geral dos Serviços Florestais, 1936). Foi também um grande especialista da filoxera, tendo integrado em 1878 uma comissão de estudo daquela doença da vinha e publicado, entre outras, a obra Tratado Elementar da Cultura da Vinha : Cepas Europeias e Cepas Americanas, Grangeios, Doenças da Videira (Lisboa: Liv. José António Rodrigues, 1903). Foi professor de silvicultores como Joaquim Vieira Natividade.

 


Scroll to Top